A alimentação

Conscientes de que os hábitos alimentares começam a ser estabelecidos na primeira infância, o Céu de Brasília fornece toda a alimentação, fundamentada na sustentabilidade, priorizando alimentos frescos, orgânicos e produzidos pela agricultura familiar, além de seguir uma dieta ovolactovegetariana balanceada, elaborada e supervisionada por nossa nutricionista Liliane Barros, e preparada por nossa chef de cozinha Lia Josetti e nossas auxiliares Talita Watanabe e Laena Damasceno.

São oferecidas frutas frescas, uma bebida (suco natural e/ou polpa, água de coco natural, iogurte ou vitamina) e uma preparação caseira (pão integral, pastel assado, esfirra assada, enroladinho de queijo, pão de queijo, biscoito de queijo, tapioca, biscoito de polvilho, biscoito salgado, torta de legumes, quibe assado vegetariano, pizza saudável, cuscuz, polenta assada, milho, panqueca, pão doce, cookie integral, bolo, entre outras) enriquecida com nutrientes de alto valor nutricional (sementes, grãos e frutas secas).

O cardápio

  • O cardápio padrão da escola segue uma dieta ovolactovegetariana balanceada (come ovos, leite e derivados, mas não come nenhum tipo de carne)
  • Todos os alimentos são preparados na própria escola, fundamentados na sustentabilidade, priorizando ingredientes frescos, orgânicos, produzidos pela agricultura familiar e de alto valor nutricional.
  • Todas as crianças recebem a alimentação escolar (NÃO é permitido que as crianças tragam alimentos).
  • As frutas são oferecidas em sua forma mais íntegra possível, preservando melhor os nutrientes, tornando-as mais atrativas e incentivando a criança a pegar, cheirar e provar (crianças do Ipê rosa recebem as frutas sem casca).
  • Os sucos são frescos e sem adição de açúcar. A maioria é feito da própria fruta, outros são de polpa.
  • As preparações doces são adoçadas com frutas secas. Quando necessário, usa-se o açúcar demerara em pequena quantidade (Crianças do Ipê rosa não consomem açúcar em nenhuma preparação).
  • Alguns alimentos e consistência poderão ser alterados de forma individual de acordo com a fase alimentar da criança.
  • Crianças com alergias, intolerâncias ou opções alimentares diversas, terão o cardápio alterado conforme as informações descritas no questionário alimentar, respeitando a necessidade alimentar. Fazemos a mesma preparação substituindo o ingrediente restrito por equivalente sem perda da qualidade nutricional e sabor.
  • Educadores participam da mesma refeição com as crianças (Crianças aceitam melhor um alimento novo quando esse é oferecido e consumido por outra pessoa).