Identidade e Autonomia

Identidade e Autonomia são os pilares para um ensino pautado no respeito e na construção da criança em sua integralidade “em seus aspectos físico, psicológico, intelectual e social, complementando a ação da família e da comunidade”, como prevê a LDB 9394/96. Pensando nisso, o projeto Identidade e Autonomia permeia todas os nossos Ipês (ciclos), seguindo uma ordem dos aspectos necessários para cada faixa etária.

 

Começamos no Ipê Rosa descobrindo como tudo começou: com a história da família, do nascimento e do primeiro ano de vida da criança. Para materializar essa fase do projeto, construímos um Livro da Vida com as crianças.

 

Seguimos no Ipê Roxo trazendo, para a escola, as referências dos momentos mais significativos da criança em casa. Nessa etapa, as famílias são convidadas a trazerem uma brincadeira ou atividade para turma, de preferência aquela que sua criança mais gosta.

 

No Ipê Amarelo é hora de fortalecer os vínculos e, por isso, a turminha toda, a cada semana, visita a casa de um dos amigos. Essa etapa do projeto é muito importante pois reconhecer a sim mesmo perpassa o reconhecimento do outro.

 

No Ipê Verde, é chegado o momento de reconhecer a ancestralidade, buscar as raízes de cada família. Nesse ciclo, mais uma vez convidamos as famílias a virem contar para turma sobre sua origem, trabalhando, assim, a diversidade, cultura e origem.

 

No nosso último ciclo, o Ipê Branco, convidamos os avós (ou a figura que represente a ancestralidade familiar) a contarem às crianças as brincadeiras e histórias da sua infância.

 

Com base nesse projeto norteador, outro projetos são trabalhados de maneira transversal, levando nossas crianças à construção do seu eu, de forma afetuosa, autônoma e divertida.